quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Poesia de Magno Oliveira: Desabafo do Poeta

Magno Oliveira Já participou duas vezes do Projeto Um Poema Em Cada Árvore uma vez com poesia Joãosinho numa outra oportunidade com a poesia Amazônia. No mês de Setembro realizou o evento em Poá onde foi o Articulador Local.


Magno Oliveira é poeta e blogueiro. Em 2013 pretende publicar seu primeiro livro de poesias. Em 2011 teve a poesia Heroico Sorriso publicada no livro Antologia Poética do 1° Concurso de Poesias Augusto dos Anjos. É o responsável pelo Blog Folhetim Cultural que pelo terceiro ano seguido foi indicado ao prêmio Top Blog Spot sendo ano passado  e neste ano finalista na modalidade Cultura.


Recentemente na cidade de Poá realizou o Varal de Poesias que contou com 17 poetas, foi Articulador Local do projeto Um Poema Em Cada Árvore. Realizou também Exposição 2 Artes Fotografia e Poesia. Teve o micro conto Enquanto Lia Mark Twain publicado na revista Varal do Brasil edição especial sobre livro.

Todas ás quintas e terças feiras publicada pela manhã Poesia de Magno Oliveira. 

Poesia Joãosinho participou da 19° Edição do projeto Um Poema Em Cada Árvore. Recitada no Sarau Pavio da Cultura em Agosto. 

Leia Magno Oliveira nos fins de semana no Folhetim Cultural



Poesia Desabafo do Poeta foi escrita em 2010, muitas de suas poesias eram escritas nos eu horário de trabalho.



“Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria”.


Poesia: Desabafo do Poeta


Eu preciso me encontrar,
Me adaptar
A vida sem você parece não ter razão,
É como se tudo fosse escuridão.
Sem você é triste a caminhada.
Mas tenho que seguir!
Toda essa luta não pode ser por nada,
Ainda tenho fé,
Vou sorrir.
O que eu preciso é me focar...
Me concentrar
Mesmo que o mundo diga não,
Mesmo que maltratem o meu coração,
Tenho que continuar,
A linha de chegada ultrapassar.
Mesmo sem você seguirei meu voo com tranquilidade
Em busca de um pouso que me traga felicidade.
Hoje estou sozinho
Me sinto assim
Tristeza?
Não!
Pura imaginação,
Fantasia,
Utopia.
Tenho amigos que seguem comigo no caminho
E é isso o que importa para mim...
Esse é o verdadeiro amor, com sua natural beleza.
Eles são a minha salvação
Eles são a minha fortaleza.
Quando eu estiver perdido,
Abalado, magoado, com o coração ferido,
Quando eu estiver triste, preocupado,
Se eu estiver desconsolado,
Sei para quem ligar,
Sei com quem desabafar,
Sei para quem e com quem contar,
Sei quem poderá me ouvir.
Eu posso não saber de tudo
Eu posso não saber as respostas para as perguntas do mundo.
Mas sei em quem eu posso confiar.
Eu sei o suficiente, e o que eu não sei utilizo a meu favor,
Em busca da flor,
Do amor,
Da paz,
Em busca do bem,
Do bom, eu quero mais,
Eu quero alguém.